sábado, 19 de janeiro de 2013

.66

E a pergunta é:
Será que fiz bem em perdoar-te?

Após um ano esta pergunta não me sai da cabeça e ainda não esqueci, de todo, o que aconteceu, o que passei, o que sofri e o que ainda sofro com aquilo. Será que era mais feliz se não te tivesse perdoado e as coisas ficassem por ali? Será que ia ser mais infeliz? Talvez fui estúpida ao ponto de te ter aceite logo quando me pediste para voltarmos, que estava tão cega por querer-te de novo comigo que disse "sim!"... A verdade é que não consigo esquecer o que me fizeste, e não sei se algum dia irei esquecer. É como se todos os dias, quando me lembro, alguém me apunhalasse o coração e quando a ferida está perto de sarar, apunhalam de novo... Uma relação é feita à base de confiança e tu destruíste-a. Embora faças de tudo e mais alguma coisa para voltar a recuperá-la já nada será o mesmo. Eu sei que isso já aconteceu há um ano e que já namorámos há quase dois, mas... eu não sei o que fazer. Estou farta de estar sempre desconfiada do que vais fazer, com quem é que vais fazer, o que fizeste quando não estavas comigo. Estou farta...


6 comentários:

  1. Tem calma minha querida. É normal que te sintas assim, é sempre difícil confiar em quem já traiu a nossa confiança uma vez. Mas nada que o tempo não ajude a superar e a resolver. Tenho a certeza que um dia vais dar por ti e a desconfiança em relação a essa pessoa já não vai existir ;) *

    ResponderEliminar
  2. Eu sei e compreendo que te sintas assim. O problema é que às vezes as coisas acontecem com grande intensidade e depois para esquecer isso é preciso mais tempo do que imaginamos e acredito que à mínima coisa relembres tudo e tenhas medo, mas tens que ir dando pequenos passos e ir arriscando ;) *

    ResponderEliminar
  3. pois era! mas felizmente já melhorou :)

    ResponderEliminar